AM: Projeto “Manaus Mais Empreendedora” deve beneficiar quatro mil pessoas

Programa de empreendedorismo vai abranger três projetos para diferentes públicos. Objetivo é incentivar o emprego e a geração de renda na capital.

13/12/2017

WhatsApp-Image-2017-12-12-at-18.55.32Manaus – Quatro mil pessoas devem ser beneficiadas com a implantação do projeto Manaus Mais Empreendedora, da Prefeitura de Manaus. O prefeito Arthur Virgílio Neto lançou o programa, nesta terça-feira (12), no Palácio Rio Branco com a assinatura do Termo de Colaboração com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Rede Salesiana, todos selecionados a partir de editais de chamamento público.

Serão investidos no programa R$ 487 mil, sendo R$ 263 mil da Prefeitura de Manaus e R$ 224 mil de emendas parlamentares. Serão disponibilizadas 1,4 mil vagas para o Empreende Manaus, 2 mil vagas destinadas ao Empreendedorismo nas Escolas e 600 oportunidades para o Qualifica Manaus Jovem.

O projeto é liderado pela Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad). De acordo com a secretária Ananda Carvalho, o planejamento do projeto começou há um ano e meio com o objetivo de incentivar o emprego e a geração de renda na capital amazonense. “Os projetos atendem vários públicos, aquele que quer abrir um negócio, aqueles que já tem um (negócio) e querem se capacitar e o público jovem na idade escolar”, disse.

Durante o evento, o prefeito Arthur Neto enfatizou a necessidade de desenvolver uma cultura empreendedora em Manaus, principalmente entre os jovens. “É um desafio falarmos de empreendedorismo, mas precisamos colocar nas crianças a ideia de empreender e de lutar para ganhar dinheiro porque não há culpa em prosperar”, disse.

O programa abrange três projetos: o Empreende Manaus, que será executado pelo Sebrae e tem como objetivo capacitar potenciais empreendedores atendidos pela Prefeitura por meio da formalização dos negocios informais, além de capacitar microempreendedores individuais e conceder apoio ao artesanato manauara; o Empreendedorismo nas Escolas, que também será executado pelo Sebrae, para incentivar a cultura empreendedora aos alunos do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano; e o Qualifica Manaus Jovem que vai capacitar jovens com novas técnicas e perspectivas de geração de renda, seja no próprio negócio ou no emprego, a partir da inclusão de uma disciplina que vai ensinar os fundamentos de inovação e empreendedorismo.

As inscrições para o programa Qualifica Manaus Jovem já começam a partir de 13 de dezembro, gratuitas, online na página da Semtrad.

Para ler a matéria na fonte clique AQUI

 

 

Comentários

0 Seja o primeiro a comentar Adicionar novo comentário