Cidades pequenas lideram geração de emprego em Santa Catarina

04/11/2015

Foco em setores que ainda têm fôlego diante da crise e estruturas de trabalho já enxutas garantem a estabilidade

Victor Pereira

Indústria calçadista garante bom desempenho de São João Batista na geração de empregos Foto: Flávio Neves / Agencia RBS

Indústria calçadista garante bom desempenho de São João Batista na geração de empregos
Foto: Flávio Neves / Agencia RBS

A evolução do emprego formal nos primeiros nove meses de 2015 mostra que, em Santa Catarina, as pequenas cidades têm os melhores cenários. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério do Trabalho, colocam cinco municípios com até 65 mil habitantes no topo do ranking estadual da geração de vagas. Na outra ponta, Joinville e Florianópolis registram os piores resultados.

Desemprego sobe para 8,7% entre junho e agosto

Embora o saldo positivo não chegue a mil postos de trabalho em nenhuma das cidades mais bem posicionadas, a estabilidade é motivo de comemoração em meio à crise que afeta todo o país. Em comum, os líderes do emprego têm justamente a diversificação: se destacam e conseguem manter um índice razoável em razão de diferentes áreas econômicas que ainda resistem com mais vigor ao agravamento dos problemas financeiros.

 

 

Para ver a fonte da notícia, clique aqui.

Comentários

0 Seja o primeiro a comentar Adicionar novo comentário