Crise afeta faturamento dos pequenos negócios, que cai 17%

18/12/2015

Recuo foi registrado em outubro, ante o mesmo mês de 2014. Pequenos negócios faturaram, em média, R$ 26,7 mil em outubro

Redação G1

1A crise econômica já bateu à porta dos pequenos negócios brasileiros. Segundo levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o faturamento desses negócios caiu 17% em outubro, na comparação com o mesmo período do ano passado. Frente a setembro, a queda foi de 2%.

Com o recuo, os pequenos negócios faturaram, em média, R$ 26,7 mil em outubro. Em outubro de 2014, esse valor era de R$ 32 mil.

De acordo com a entidade, o impacto da crise parece ser inferior nas empresas de menor porte, como os microempreendedores individuais. Atualmente, são 5,6 milhões de MEI no Brasil, o que corresponde a mais da metade dos donos de negócios optantes pelo Supersimples.

A pesquisa mostra ainda que, durante o ano, o valor mais alto do faturamento médio mensal das empresas de pequeno porte ocorreu em janeiro, foi de R$ 29,1 mil. A última vez que as micro e pequenas empresas tiveram uma média de faturamento mensal superior a R$ 30 mil foi em dezembro de 2014, quando o faturamento médio foi de R$ 34,4 mil.

“Juros e inflação em alta, aumento de desemprego e diminuição do rendimento médio real dos trabalhadores podem explicar essa queda no faturamento dos pequenos negócios”, diz o Sebrae em nota.

 

 

Para ver a fonte da notícia, clique aqui.

Comentários

0 Seja o primeiro a comentar Adicionar novo comentário